Mãe obriga filha de seis anos a acusar padrasto de abusos cometidos por irmão


Uma mulher obrigou a filha de seis anos a acusar o padrasto de abusos praticados por um irmão. Os factos ocorreram em Guimarães entre 2019 e 2023.


De acordo com a edição desta terça-feira do Jornal de Notícias, a menina e um irmão também menor, foram abusados sexualmente, várias vezes, pelo irmão, actualmente com 26 anos, mas a mãe disse para acusar o seu ex-companheiro.
Em Tribunal a menina começou por acusar o padrasto mas viria a confessar que os abusos foram praticados pelo irmão.
A mãe chegou a apresentar uma queixa contra o ex-companheiro, que não é pai das crianças.

O Ministério Público veio a arquivar este mês o processo contra o ex-companheiro da mãe das crianças e acusou o irmão de nove crimes de abuso sexual agravado sobre a menina e seis de abuso sexual do irmão mais novo. A mãe vai também ser acusada por denúncia caluniosa.

O Advogado do ex-companheiro da mãe, Pedro Miguel Carvalho, refere que este caso sugere uma reflexão profunda, quer por parte da Justiça, quer por parte da sociedade, porque não só estão em causa crimes graves como são os abusos sexuais de crianças, praticados no seio familiar, como também está em causa uma denúncia caluniosa e a instrumentalização de um processo por parte da progenitora da vítima para se vingar do ex-companheiro pela ruptura da relação.


Marcações: abusos sexuais

Imprimir Email